como fotografar em ambientes fechados

Como fotografar em ambientes fechados | Confira 6 técnicas e algumas dicas

abril 24, 2019

COMPARTILHE

Fotografar em interiores é sempre um desafio e o profissional precisa dominar as técnicas fotográficas para conseguir capturar as melhores imagens nesse tipo de ambiente. Se você ainda não sabe muito bem como fotografar em ambientes fechados, trouxemos algumas dicas e técnicas para te ajudar nessa missão.

Como fotografar em ambientes fechados

Estude o ambiente

A primeira coisa que você deve fazer é dar uma volta no local, seja uma casa, um galpão, uma loja, galeria ou qualquer outro ambiente fechado.

Você precisa verificar como a luz chega aos espaços e quais são os melhores ângulos para diferentes tipos de fotografia.

Também é interessante observar os elementos que compõem o ambiente que poderão te auxiliar na hora de montar as cenas.

Analise a luz

Verifique como a luz do ambiente se manifesta, tanto a luz natural quanto as luzes artificiais disponíveis no local.

O mesmo espaço pode ter aparências completamente diferentes conforme a luz que incide nele.

A melhor iluminação para ser usada é a natural, por isso, abuse de portas de vidro e janelas. A luz natural mantém as cores mais fiéis na imagem. Já a artificial deixa tudo amarelado e exclui muitas sombras do ambiente.

Os melhores horários para usar a luz natural são de manhã e no final de tarde. No entanto, é preciso ter cuidado com a luz do sol. Ela pode criar linhas e sombras que fazem desenhos diferentes do desejado. Dias nublados que apresentam uma luz difusa são os mais recomendados.

Existe uma técnica ótima para verificar a luz do ambiente. Basta apertar o disparador da câmera até a metade. A câmera irá focalizar e fará uma leitura da luz. Nesse momento, você conseguirá ver a velocidade do disparador e a abertura de diafragma que foram ajustados automaticamente.

A velocidade do obturador não pode ser menor que 1/30 em lentes grande angular, as mais recomendadas para esse tipo de foto. Ela também não pode ser menor que 1/125 no zoom máximo.

Algumas câmeras mostram um alerta quando a velocidade está baixa e há a possibilidade de a foto sair tremida.

Cuidado com a bagunça e organize o local

Sempre observe o fundo do objeto principal que você está fotografando. Se possível, retire os objetos estranhos que possam estar bagunçando o cenário. Se não der para movê-los, você pode editar sua foto na pós-produção.

No entanto, mover as coisas de lugar e organizar o cenário irá agilizar o seu trabalho e irá aprimorar o seu olhar. Alinhe os seus olhos e disponha os objetos da cena de forma harmoniosa.

Caso o espaço esteja muito vazio, inclua acessórios como vasos, almofadas, plantas, livros, quadros e enfeites que combinem com a decoração para fazer uma composição bonita.

Em cômodos que possuem portas é interessante capturar as imagens com elas abertas e fechadas. Ao tirar fotos dos espaços com a porta aberta, você mostra a interação entre os ambientes.

Fotografe a partir do nível da cintura

Se você for fotografar o cenário, principalmente em fotografias que querem mostrar a mobília e a decoração, o ideal é tirar a fotos a partir do nível da cintura.

Ao fotografar de uma posição em pé, você mostrará uma visão de cima para baixo e não ficará legal.

Fotografe a partir do nível da cintura para ter uma perspectiva perfeita e use um tripé para se certificar de que as fotos não irão sair tremidas.

Evite tirar fotos de baixo para cima

Da mesma forma que você deve evitar tirar fotos de cima para baixo, você também precisa buscar ângulos em que as imagens não sejam captadas de baixo para cima.

Esse tipo de foto fecha o ambiente, tampando a visão da decoração em cima de uma mesa, por exemplo.

O ideal é tirar as fotos na altura do espectador. Assim, a visão do cômodo fica mais ampla, os detalhes mais destacados e agradáveis ao observador.

Blog IpsisPro como-fotografar-em-ambientes-fechados Como fotografar em ambientes fechados | Confira 6 técnicas e algumas dicas

Técnicas de fotografia em ambientes fechados

1) Use a regra dos terços

Utilizando a regra dos terços você conseguirá definir melhor onde posicionar os objetos, norteando o enquadramento.

Para essa estratégia, você pode usar a grade disponível nos ajustes da sua câmera. A partir dela, você pode procurar ângulos diferentes para fazer suas fotografias. Busque linhas que irão direcionar o olhar, usando a perspectiva da cena.

Conheça melhor essa e outras técnicas de fotografia para iniciantes.

2) Equilibre o branco

Para que os objetos apareçam na sua foto com as suas cores originais, você precisa ‘bater o branco’. Ou seja, você precisa ajustar a configuração do equilíbrio do branco. Esse procedimento permitirá que a câmera faça a compensação da cor ou luz.

Se você não executar manualmente essa ação, as fotos poderão ficar com um tom um pouco mais amarelo, azul ou laranja.

Diferentemente dos nossos olhos, as câmeras não conseguem sozinhas ajustar os diferentes tipos de luz e tonalidades. Assim, elas precisam da nossa ajuda para reproduzir as cores com exatidão.

Então, fique de olho no equilíbrio do branco durante toda a sessão, já que a qualidade e a quantidade de luz podem se alterar nesse tempo.

3) Deixe a luz entrar

Para que você consiga fotos ainda melhores, aproveite a luz natural montando o seu cenário próximo da janela ou de uma porta de vidro ou aberta.

Mas lembre-se de não misturar luz natural com a artificial. Se for utilizar a luz natural, apague as luzes disponíveis no cômodo, como as luminárias.

Misturar esses dois tipos de iluminação pode fazer com que suas fotos fiquem embaçadas ou amareladas.

4) Saiba quando usar o flash

O flash é um grande aliado dos fotógrafos, mas é preciso saber a hora certa de usá-lo. Ele tem a capacidade de melhorar muito a sua foto, assim como de estragá-la por completo.

De modo geral, a recomendação de como fotografar em ambientes fechados é evitar o uso do flash, já que ele pode alterar as cores e a luz. Além disso, corre-se o risco de o flash criar sombras indesejadas no assunto principal da foto.

O uso do flash deve ser evitado principalmente ao fotografar locais que possuam objetos de vidro, como mesas, janelas ou porta-retratos, e materiais de plástico. Se você usar o flash nesses espaços, a luz irá refletir nas superfícies de vidro e plástico e estragar as suas fotos e, consequentemente, seu fotolivro.

No entanto, você pode usar o flash para criar propositalmente sombras que contrastem drasticamente com os tons da pele da modelo, por exemplo.

Uma boa forma de decidir se usa ou não o flash é se perguntar que tipo de foto você quer tirar. Caso queira uma imagem mais natural, não use o recurso. Se quiser algo mais espetacular, aí o flash está liberado!

Dica: quando usar o flash em um ambiente interno, mire-o no teto ou para uma parede atrás do objeto ou pessoa fotografada. Essa técnica irá suavizar a luz do flash ante de atingir os elementos principais da foto. Apontar o flash diretamente para o assunto principal da foto produz uma luz dura e cria sombras.

5) ISO, diafragma e velocidade de obturador

Para aprender como fotografar em ambientes fechados, você precisa entender três variáveis: ISO, diafragma e velocidade do obturador.

Abra ao máximo o diafragma da sua câmera para criar composições interessantes entre o que está em foco e o restante da cena. Para isso, o ideal é usar uma abertura entre f/1.8 e f/2.

Coloque o ISO mais alto da sua câmera e use uma velocidade mais rápida para congelar a cena.

Agora, se o seu objetivo é criar grafismos interessantes, diminua o ISO e a velocidade do obturador.

6) Use o Live View da sua câmera

O Live View existe para ser usado! Ele é muito útil quando você vai utilizar a câmera em um tripé em uma altura não é a sua, já que nessa situação é desconfortável encaixar o olho no visor.

Blog IpsisPro como-fotografar-em-ambientes-fechados-3 Como fotografar em ambientes fechados | Confira 6 técnicas e algumas dicas

Acessórios

Lentes

Usar uma lente grande angular é essencial para fotografar em ambientes fechados. O tamanho ideal é em torno de 24 mm ou maior.

A grande angular te dará a sensação de você estar ali no meio do lugar fotografado, pois simula levemente a nossa visão periférica.

Se você não tem dinheiro para adquirir uma dessas lentes por agora, tente alugá-la apenas nos momentos em que precisar fazer fotos em locais fechados. Você pode propor isso para um colega.

Também leve uma lente normal, de 50 mm, para utilizá-la na hora de captar os detalhes do espaço.

O tripé é o seu melhor amigo

O uso do tripé é muito importante em momentos onde precisamos de uma exposição mais longa. Por exemplo, quando precisamos garantir a nitidez, mas temos luz escassa.

Nesses casos, você pode manter o ISO baixo, a abertura num valor mais alto e sacrificar o tempo de exposição. Mas para fazer isso com exatidão, você precisa ter um tripé.

O tripé também irá te ajudar a captar o máximo de nitidez possível em outras situações, já que não haverá o risco de você tremer na hora do clique. Ele é ainda mais vantajoso ao fotografar objetos, já que eles ficam paradinhos, sem se mexer, só esperando a gente posicionar a câmera e apertar o botão.

Faça uma boa pós-produção

Uma dica importante de como fotografar em ambientes fechados é captar as imagens em RAW para que você possa fazer uma melhor pós-produção. Entenda melhor a diferença entre RAW e JPEG.

Fotografando em RAW, você conseguirá corrigir melhor as imagens que você errou a luz, por exemplo. Um bom programa para fazer esse tipo de edição rapidamente é o Lightroom.

Na hora da pós-produção também é interessante fazer a correção da temperatura da cor, equilibrando a cores das imagens. O ideal é utilizar o mesmo método de edição para todas as fotos. Isso dará identidade para a sua foto e fará com que as pessoas reconheçam mais facilmente uma foto sua.

Na edição, você também poderá tirar fora da cena objetos indesejados, adicionar um pouco de contraste e saturação e acrescentar um pouco de nitidez.

Ao mexer no contraste e na saturação para tornar as fotos mais vivas, tome cuidado para não deixar o efeito exagerado.

Equilibrar as cores das imagens é a tarefa-chave na fase de edição das fotografias de interiores. Em fotos para imobiliárias, por exemplo, o indicado é usar cores mais quentes que passam a sensação de um ambiente acolhedor.

Outra dica de como fotografar em ambientes fechados é aprendendo melhor as técnicas de como fotografar com pouca luz e de como fotografar contra a luz.

Prontinho! Com essas dicas, você fará fotos incríveis em ambientes fechados e poderá criar fotolivros ainda mais lindos com essas imagens. Ah, você ainda não oferece fotolivros para seus clientes? Saiba que você está perdendo dinheiro! Aprenda a fazer um fotolivro em 7 passos!

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:

FABRICA BLOG - 1

Sobre a IpsisPro

Transformamos ideias em imagens que saltam aos olhos! Seus clientes vão poder desfrutar do mesmo requinte de livros de arte e de renomados fotógrafos brasileiros através dos trabalhos da IpsisPRO.

Depois de mais de 70 anos no mercado e já consolidada como referência na América Latina em qualidade de impressão e tratamento de imagem, lançamos uma plataforma que proporciona o mesmo requinte de livros de arte para trabalhos de fotógrafos profissionais.

Fique por dentro das nossas novidades

Newsletter